Jesus conta contigo!
 

MCC do Brasil - Assessor Eclesiástico - Nacional

Pe. Francisco Bianchin (Pe. Xiko).

Carta nº 04 (01/set/2016).

.

O segredo para ser feliz

Todos nós buscamos ser felizes. A felicidade é o desejo mais profundo de todo o ser humano. Muitos conseguem, até com certa facilidade, mas outros a buscam desesperadamente e não a conseguem. Onde estaria o caminho para a felicidade? Qual o segredo para consegui-la?

GHá os que a buscam no dinheiro, nos bens materiais, no prazer, na comida, no poder sem limites, nas honrarias; outros, buscam-na mergulhando-se no trabalho, no casamento, ou na vida religiosa. Há ainda os que acreditam encontrá-la no bem estar, nas mordomias, em viagens pelo mundo e assim por diante.

Cada escolha dessas pode ajudar, no entanto não é suficiente para sermos, de fato, felizes. O caminho para a felicidade é bem mais fácil, está bem mais perto de nós do que imaginamos. O segredo da felicidade é muito simples, ela está na cultura do servir. O verdadeiro caminho da felicidade encontra-se no servir e servir gratuitamente, com generosidade. Sim, a felicidade não está num estado de vida, neste ou naquele estado de vida, neste ou naquele ofício, mas na alegria do serviço aos irmãos e irmãs. Quanto mais somos capazes de servir, com certeza, mais felizes somos e seremos. A felicidade está na proporção do amor que colocamos naquilo que fazemos, especialmente, para aqueles que mais precisam.

Se queremos ter certeza disso, basta pensarmos quais foram e quais são os dias mais felizes de nossa vida e logo constataremos que são aqueles que servimos sem esperar recompensa.

Repito! É muito fácil encontrarmos o caminho da felicidade, basta que nos coloquemos, generosamente, a serviço. O caminho da felicidade é o contrário do caminho do egoísmo. O serviço generoso não nos engana, é seguro. É impossível servir gratuita e amorosamente sem encontrar a felicidade, pois ela é o próprio servir. Se olharmos ao nosso redor, veremos com facilidade que as pessoas felizes ou mais felizes são as que mais servem.

Pe. Xiko, SAC


Carta nº 03 - agosto/2016 - Quando virá o dia?. - Clicar aqui

Carta nº 02 - julho/2016 - Nobre missão dos avós. - Clicar aqui

Carta nº 01 - julho/2016 - A violência é um sintoma. - Clicar aqui

 

 

Página Melhor Visualizada em Resolução 800x600 no Internet Explorer
2009 MCCPELOTAS Todos os direitos reservados. Política de privacidade.